Header Ads

Seção Assoprando o Cartucho - Alex Kidd in Miracle World



E aí cambada, tudo numa nice?? Após a última postagem eu comecei a pensar em qual jogo eu falaria, até que cheguei a conclusão que preciso ser mais justo e falar de algum jogo de outra plataforma que não seja Snes, PSX e MS - DOS. Por esta razão escolhi um clássico da era 8 bits da Sega.


Alex Kidd in Miracle World foi o primeiro jogo da série lançado em 1986 para o Master System. No Brasil  o jogo vinha na memória do Master System II, e sem dúvida foi um dos jogos mais marcantes de minha infância.


Capa original japonesa
Master System II lançado pela Tec Toy
com Alex Kidd na memória


Dizem que Alex Kidd nasceu para competir com Mario, alguns críticos chegam a dizer que Alex Kidd é melhor do que Mario. Mas a verdade é que Alex Kidd surgiu também para ser o mascote da Sega, no entanto, Sonic tomou seu lugar anos depois. A Sega deveria aprender com a Nintendo como aproveitar bem seus personagens.

Depois de Miracle World foram lançados outros jogos como Alex Kidd in Shinobi World, Alex Kidd in the Enchanted Castle, Alex Kidd: The Lost Star, Alex Kidd in High - Tech World e etc. Uma questão que acho curiosa é o fato dos jogos serem diferentes entre si, diferente de Mario, Sonic, Kirby e entre outros, que mesmo tendo vários jogos todos tem aquela coisa em comum própria de cada um, já em Alex Kidd os jogos não possuem uma "cara" própria. As vezes penso que Alex Kidd é um maconheiro, pois a cada jogo ele está em um mundo louco distinto, a cada jogo é um "barato" diferente. Em um jogo ele esta no mundo ninja, no outro ele viaja entre planetas para recuperar os fragmentos dos signos, em outro ele faz parte de uma família real e assim por diante.

Agora vamos falar um pouco da história do jogo.


Alex Kidd vive no planeta Aries, o reino passou a mergulhar em caos após o desaparecimento do Rei Trovão. Janken rapta o príncipe do reino e a sua noiva Lora, a população é transformada em pedra graças a magia de Janken, então Alex Kidd parte em sua jornada para resgatar seu pai, o príncipe e Lora.




O jogo é bem gostoso de se jogar, agradável aos olhos e trilha sonora bem bacana. Porém acho bem difícil, eu nunca consegui terminar u.u.

Durante as fases o jogador passa por diversos tipos de cenários como montanhas, planícies, selvas, ambientes aquáticos, aéreos e castelos.


É um típico jogo de plataforma que exige uma certa habilidade do jogador, aquela coisa dos velhos tempos de ficar tentando exaustivamente terminar um jogo, como os jogos eram mais curtos e não existia recurso de save nos obrigava a jogar varias e varias vezes até memorizarmos os movimentos dos inimigos. 



Uma coisa fundamental no jogo é juntar dinheiro para que possa comprar itens como veículos que ajudam bastante em certas fases (moto, helicóptero que funciona a pedaladas e etc) e itens que possam ajudar contra chefões mais difíceis.




  Por isso pegue o máximo de sacos de dinheiro durante as fases e gaste com sabedoria quando achar uma lojinha.



O vilão deste jogo chama-se Janken, isso mesmo, Janken de "Janken Pon". Desta forma, no jogo você terá de enfrentar os demônios Guu (pedra), Choki (tesoura) e Paa (papel). Para destruí-los tem de vence-los em um duelo melhor de três de Janken Pon, se perder você é transformado em pedra. Isso complica um pouco, pois por mais habilidoso que seja no jogo você pode perder vidas preciosas se tiver azar nesses duelos.


Alex Kidd sem dúvida um grande clássico da Sega, um jogo divertido, desafiador e com aquelas trilhas sonoras que marcam. Infelizmente o personagem foi mal aproveitado pela Sega, pois hoje poderíamos pensar na empresa e vir em mente Sonic, Tales, Knuckles, Alex Kidd...assim como lembramos de Mario, Luigi, Link, Kirby, Donkey Kong, Samus e entre outros quando pensamos na Nintendo.



Então por hoje é só pessoal!! =D









12 comentários

Thais Led disse...

Hey muito bom *-*
Alex Kidd realmente poderia ter sido bem mais aproveitado, afinal é tão bom quando Sonic!

Thais Led disse...

Hey, muito bom *-*
Realmente, Alex Kidd deveria ter sido mais aproveitado, afinal, é tão bom quanto Sonic.

Satoru disse...

Eu gostei novamente da matéria.
Infelizmente, eu não pude jogar Alex Kidd quando eu era criança, porque meu pai sempre comprou Nintendo. Meu primeiro console de outra marca foi Mega Drive, mas ficamos só uma semana com ele.

Satoru disse...

Satoru: eu gostei novamente da matéria.
Infelizmente, eu não pude jogar Alex Kidd quando eu era criança, porque meu pai sempre comprou Nintendo. Meu primeiro console de outra marca foi Mega Drive, mas ficamos só uma semana com ele.

Satoru disse...

Satoru: eu gostei novamente da matéria.
Infelizmente, eu não pude jogar Alex Kidd quando eu era criança, porque meu pai sempre comprou Nintendo. Meu primeiro console de outra marca foi Mega Drive, mas ficamos só uma semana com ele.

JehFelixx disse...

AAAhhh, um dos jogos da minha infância! As músicas realmente me marcaram, a das fases de água é a mais bonitinha!
E era mesmo muito difícil! Não conheço ninguém que tenha terminado, tipo Mônica no Castelo do Dragão. A gente jogava mais pq vinha na memória e não tinha outros jogos hiuasiuhaahah!

Dan Higa disse...

Eu tinha o Master System III, mas pirava quando jogava o Alex Kidd na Master System II da minha prima, um jogo muito divertido.
Voce citou o jogo da turma da Monica que é na verdade um rack do jogo Wonder Boy. Assim como Alex Kid in Hightech World é rack do jogo Anmitsu Hime.

Miyabi-san disse...

Oh jogão. Que pena que n tem mais =/

Miyabi-san disse...

Jogão. Pena que n tem mais =/

Dan Higa disse...

Ao menos existe internet e roms para nossa alegria! =D

太陽零 disse...

Legal!
Joguei muito pouco esse game.
Aproveitei mesmo foi o アレックスキッド 天空魔城(Enchanted Castle) no Mega Drive.
Pelo menos eles se lembraram do personagem nos games SEGA Superstars Tennis e Sonic & SEGA All-Stars Racing.

Dan Higa disse...

Ao menos se lembraram dele. Talvez "Arekkusu Kiddo" que jogava seja o unico que tenha ligaçao com esse o "Mirakuro Warudo", ja que li que existe uma "continuação no Mega Drive.

Tecnologia do Blogger.